12 de jul de 2013

Reviravolta

Já reparou como nossa vida é?!

Do nada, ela te dá uma rasteira. Você não entende e levanta. Toma uma voadora, um soco na cara e um pé nas costas. Ela se vai e aí você fica por lá, no chão, sentindo as dores, até conseguir levantar novamente para cuidar dos ferimentos.

Foi assim que me senti há um tempinho atrás. A minha vida desobedeceu a lei da palmada e quis me ensinar do jeito mais duro.

Mas as lágrimas lavaram meus olhos e pude enxergar o que estava acontecendo. Tive a oportunidade de perceber que há muito tempo estava deixando de ser eu mesma.

Reflexão é a nova palavra para minha vida. Nunca parei para refletir tanto! Nunca me senti amadurecendo tão rápido. E a partir de agora, nada nesse mundo vai tirar o meu foco, que é cuidar de quem eu sou e sempre fui.

E hoje, agradeço pelo pior dia da minha vida. E com um sorriso bem largo, coração palpitante com sede de coisas novas, desejo tudo de bom que o mundo possa me oferecer.

Desejo transcender!

Sorridente e moleca, como sempre fui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário