6 de fev de 2013

30 dias para o sucesso!

Conheci um site que fala sobre a produtividade de um jeito muito interessante, o Produtividade Ninja. Recomendo a leitura dele e a assinatura dos e-mails, que dão dicas muito boas pra quem quer ser cada vez mais produtivo e de alguma forma, organizado/disciplinado.

Dentre uns dos textos, encontrei este que fala sobre 30 dias para o sucesso:

"Vamos supor que você deseje criar um novo hábito como um programa de ginástica ou largar um hábito velho como fumar. Todos sabemos que começar e se manter na linha por algumas semanas é a parte mais difícil. Uma vez que passamos pela inércia, é muito mais simples tocar adiante.

Porém, muitas vezes a gente acaba desistindo sequer mesmo de começar ao ficar pensando nessa mudança como algo permanente: antes mesmo de começar. Parece que é demasiadamente intenso ficar pensando nisso como uma grande mudança e ficar preso a essa nova mudança quando ainda temos o hábito de fazer o oposto. Quanto mais a gnete pensa em mudanças como algo permanente, mais vamos ficar reticentes.

Mas e se pensamos em fazer a mudança de forma temporária, digamos por 30 dias, e então ficar livres para voltar aos hábitos antigos? Daí não vai parecer que as coisas são tão difíceis. Faça ginástica diariamente por apenas 30 dias, e depois largue. Mantenha uma mesa organizada por 30 dias, e daí volte a ser bagunçado. Leia uma hora por dia durante 30 dias, e daí volte a assistir TV.

Será que você consegue? Mesmo assim é necessário bastante disciplina e comprometimento, mas nada tão intenso comparado com o desejo de instalar mudanças permanentes. Qualquer limitação é apenas temporária. Você até pode fazer uma contagem regressiva para sua liberdade. E por pelo menos 30 dias, vai receber o benefício. Nada mal. Você consegue. É apenas um mês de sua vida.

Agora, se você de fato completar o teste dos 30 dias, o que vai acontecer? Primeiro, você vai conseguir tocar adiante o suficiente para criar um hábito, e será mais fácil de manter do que comparado à dificuldade do começo. Em segundo lugar, você vai se livrar do vício do seu hábito antigo durante esse período. Em terceiro lugar, você terá 30 dias de sucesso no seu portfolio, de forma que sua confiança em poder continuar aumentará. E em quatro lugar você vai ganhar 30 dias de sucesso, que vão te dar feedback prático sobre o que você pode esperar se continuar, trazendo você em uma posição mais adequada para tomar decisões de longo prazo.

Portanto, quando você atinge o fim do seu teste de 30 dias, sua habilidade de fazer desse hábito algo permanente fica altamente maior. Mas mesmo quando você não está pronto para tornar isso algo permanente você pode optar por aumentar o seu prazo de teste para 60 ou 90 dias. Quanto mais tem você puder prosseguir com o período de teste, mais fácil será incorporar o novo hábito em sua vida.

Um outro benefício dessa abordagem é que você pode a utilizar para testar novos hábitos em que você não tem muita certeza se deseja fazer do hábito algo permanente. Talvez você tenha a vontade de testar uma nova dieta, mas não vai saber se ela é muito rigorosa. Nesse caso, faça um teste de 30 dias e então re-examine. Não tenha vergonha em parar se você sabe que o novo hábito não é adequado para você. É como experimentar um programa shareware por 30 dias e desinstalar se ele não servir para suas necessidades. Sem problemas. [...]"

Se quiser ler o restante do texto, clica aqui.

Depois que li, fiquei empolgadíssima em fazer algo que ando enrolando há muito tempo e ver o que acontece. No texto, o Seiiti dá dicas de coisas que você pode aplicar o teste dos 30 dias. E eu gostaria de acrescentar mais algumas:

- Deixar de comer ou beber algo, como refrigerante, fritura;
- Fazer alongamento pela manhã, antes de ir para o trabalho;
- Ler 1 hora por dia;
- Treinar digitação 1 hora por dia;
- Colocar as coisas no lugar certo todos os dias;
- Treinar todos os dias alguma habilidade: dança, instrumento, esporte;
- Dirigir uma boa distância todos os dias para perder o medo (ou na ida ou volta do trabalho, por exemplo);
- Ouvir algo que acrescente intelectualmente (tem muitos vídeos no youtube que podem ser ouvidos e servir de aprendizagem: palestras, entrevistas...)

E aí, o que você fará por 30 dias?
Se quiser, fique a vontade para nos contar. Quem sabe não serve de inspiração?!

Bjos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário