30 de ago de 2012

Espinha + remédio = Alergia

Depois que vi o post da Mag falando sobre o último produto que ela usou para combater as danadas das espinhas, lembrei do meu episódio terrível em que fui parar até no hospital.

Sempre quis acabar com todas as espinhas do meu rosto, até hoje, mesmo elas não sendo consideradas do pior grau. Sempre fui aos dermatologistas para que eles me indicassem os melhores produtos. E uma vez fui em um que me indicou um antibiótico. Me indicou o Minociclina. Tomei certinho, colocava lembrete na minha mesa de trabalho para não esquecer e fui muito fiel a ele. Na Quarta-feira de Cinzas, em 2010, eu estava no 16º comprimido ainda...acordei e tinha que trabalhar no período da tarde. Foi aí que vi que atrás do meu joelho estava empolado, e ainda brinquei com minha mãe: "Nossa, olha mãe, os pernilongos fizeram a festa essa noite!"
Voltei pro meu quarto e voltei a me arrumar pra trabalhar. Percebi então que não era só atrás de uma perna,  a outra também estava empolada. Não tinha jeito de ir trabalhar mais, tinha alguma coisa errada:

 
 E começou a aparecer também nos braços:
 Só que tínhamos várias hipóteses do que podia ser, ou era o rio que eu tinha nadado no dia anterior (no carnaval), ou o camarão que eu tinha comido no almoço (nunca fui alérgica) ou era o remédio.
Tomei um antialérgico esperando melhorar e nada, só empolava e empolava. Chris ficou mega preocupado, e ao mesmo tempo minha mãe falava que não era de se preocupar tanto assim. Ele ficou insistindo pra que eu fosse no médico e eu não fui. Até bem de noite eu ver que tudo, tudo mesmo do meu corpo estava empolado, pedi meu pai pra me levar. Só que o maldito hospital que ele me levou não aceitou o plano de saúde que tínhamos na época. Voltamos pra casa com a promessa de que iríamos de manhã.

No outro dia de manhã, então, acordei já vomitando, passando um mal danado! Minha mão tinha coçado a noite inteira! E quanto mais eu coçava, ela inchava, ficando desse jeito:

 

Minha mãe me levou ao hospital e enquanto eu esperava na sala de espera, ela resolvia coisas chatas de plano de saúde, não aguentei e desmaiei em cima do cara do meu lado. E eu lembro que eu ouvia tudo, mas não enxergava. Me colocaram numa cadeira de rodas e me levaram lá pra dentro. Tomei Fenergan e Adrenalina pro sangue correr mais rápido com o remédio. Minha mãe até tirou foto da cena (eu tava mal gente, não ri...). Reparem que colaram uma fita no meu braço para segurar a agulha do remédio. Fiquei o dia inteiro no hospital e fui pra casa. A noite já não aguentava pisar no chão, meu pé tava inchado. Resultado: outro dia indo ao hospital e nesse dia minha mãe teve que me carregar no ombro, porque meu pé estava inchadasso:


Isso é a marca da fita que ficou no meu braço.
Meu pé no outro dia:


Estavam sempre colocando Fenergan e Adrenalina e me mandando no final do dia pra casa. Até que no outro dia, até meu coro cabeludo estava coçando e meu rosto empolou. Olha como estavam minhas pernas:

 

Nesse dia eu preferi minhas espinhas. Resultado: Mais 5 dias no hospital, internada mesmo. Tomei fenergan na bunda duas vezes por dia, ou seja, mais de 10 vezes.



Durante o tratamento, elas se expandiam de um jeito esquisito pelo corpo. Olha meu braço:


 Minha mão ainda durante o tratamento, ela não desinchava nem a pau:



Por fim, fui melhorando aos poucos até receber alta. Não gosto de ficar internada, a gente presencia coisas que nunca imagina, mas por um lado, aprende a dar valor à vida que tem.

Gostaria de ressaltar aqui que o médico não teve culpa nenhuma, por mais que eu tenha ficado p. da vida, ele não imaginaria que eu tinha alergia ao remédio que indicou. Fui até ele um mês depois, mostrei as fotos e ele também ficou assustado.

Descobri que tenho alergia ao Tetraciclina, um composto do remédio que tomei: minociclina.

Hoje ainda vou à dermatologistas, fui semana passada e pedi a ela algo que pudesse me ajudar a me cuidar, porque a gente vê tanta coisa na internet, fazemos tantas besteiras...por isso hoje não quero nada abrasivo, quero apenas algo que eu saiba que vai fazer bem pra minha pele. Por isso ela me passou um protetor solar, hidratante e sabonete. Só...mais nada...na verdade ela queria me indicar Roacutan, mas dispensei na hora! hehehe, ta doido!

Depois mostro pra vocês os produtos que ela indicou, mas tenho que comprar antes...

Beijos e que sirva de experiência para vocês!

7 comentários:

  1. Nossa, não acredito! Coitadinha! É um perigo mesmo tomar medicamentos sem ter certeza do que pode acontecer. Que bom que você melhorou, mas que sofrimento, hein?

    ResponderExcluir
  2. Pois é Camila, foi muito ruim mesmo! O médico do hospital falou que tive sorte de não dar choque anafilático né..pq tinha esse risco!

    ResponderExcluir
  3. MEU DEUS, tô chocada! Agora é manter os dois pés atrás com medicações e nunca mais deixar o bicho pegar pra procurar o médico!!!! Isso é o mais importante!!!!
    Eu sou mega alérgica e a primeira coisa que aprendi foi isso!
    Agora comentário besta: como conseguiu ter cabeça pra lembrar de tirar fotos, maluca? hahaha
    Beijinho, excelente post!
    www.dicasdamag.uni5.net

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahaha, nos dias de hoje a gente tira foto de tudo né, nada como um celular na mão!rsrs
      Mas era tão surpreendente que tinha que ficar registrado, principalmente pra mostrar pro médico depois!

      Bjos!

      Excluir
  4. Colocando a leitura do blog em dia...
    A coisa ficou muiito feia heim! E tem razão, Roacutan é pra caso extremo. O Raul usou, a pele dele ficou mais que perfeita, mas os cuidados com a saúde eram grandes demais. Eu achava até muito arriscado. Melhor aguentar as espinhas, amiga!

    ResponderExcluir
  5. Gente, tenho essas manchas também só que, apenas em meus braços e já faz mais de um ano que as tenho. =O

    ResponderExcluir
  6. Nossa, me deu alergia no 15 ou 16 dia de tratamento também, mas ja cuidei dentro de 12 horas e não aconteceu nada além das pelotas

    ResponderExcluir