25 de ago de 2012

Amada Infância!

Eu e minhas irmãs tínhamos uma casa da Barbie. Mas a nossa não era dessas compradas em loja.
Na verdade era assim: Em uma parede do nosso "quartinho de brinquedo", que era tipo uma brinquedoteca aqui em casa, mas com esse nome, minha mãe dividiu em 3 pedaços verticalmente com paredinha e 12 horizontalmente com pedra de ardósia. Nas 6 de cima nós guardávamos as caixas de brinquedos e nas 6 debaixo era a nossa casa da Barbie, não casa não, era uma mansão mesmo! E-nor-me! A casa podia ter, dependendo da imaginação, mas era o que mais fazíamos, 3 quartos, sendo um de casal, o maior de todos, uma sala, cozinha, sala com copa e banheiro!
Acho que foi daí que nasceu minha paixão pela decoração. O que eu mais gostava de fazer era arrumar a casa toda pra depois começar a brincar. Tinha dias que arrumava tanto que quando ia brincar, já cansava e parava (Camila ficava p. quando eu dizia que não ia brincar mais! hahaha)

Agradeço aos meus pais por terem colaborado tanto pra que minha infância tenha sido tão feliz!!!
E olha que nem tínhamos brinquedos caros, comparados com o de hoje. E nem tudo era da Barbie.

Olha como era nosso fogão e geladeira:



Aiai...tudo quebradinho, com cara de que realmente foi muito usado!!!

Beijo!

3 comentários:

  1. Fernanda,

    Eu e minha irmã também tínhamos uma casa da Barbie diferente das que vendiam nas lojas. Usávamos as prateleiras do nosso quarto e aí, virava uma mansão hahhaa

    Muito legal esse post...me fez recordar os tempos bons de infância

    Um bom final de semana para você :D

    Beijos,

    Michas

    http://michasborges.blogpot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A imaginação que tomava conta né, Michas?! Independente do lugar, podia ser até em cima da mesa!

      Bjos!!!

      Excluir
  2. Que gracinha!
    Éramos eu, minha irmã e minha vizinha (amiga até hoje): 3 cotoquinhas brincando de tudo que desse na telha e compartilhando brinquedos...
    Deu muita saudade agora!!!
    www.dicasdamag.uni5.net

    ResponderExcluir